quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Choque de Realidade



Rááááá! Lamento informar que não, eu não voltei para os 120! Embora 90% das pessoas torçam para você estar sempre bem, tem aqueles 10% que adoooooooooram ver o circo pegar fogo e dariam tudo pra te ver gorda jotalhão de novo! Eu sei que sempre repito isso, mas é verdade. Tem gente que me chama no face só pra perguntar o meu peso O.o

Bom, tenho ido para meus SPAs nas férias, fico 10, 15 dias.. Dou uma enxugadinha e volto. Meu peso tem oscilado entre 72 e 74kg. É um sobrepeso leve, meu IMC fica variando entre 25, no máximo 26 e acho que pra quem tinha um IMC de 43, tá ótimo. 

Não tenho realmente me preocupado com a alimentação. Como de tudo e as vezes tudo, viro uma draga nas TPMs e volto ao normal logo após (isso não mudou). É legal, pois não tenho me preocupado com peso e tenho vivido a minha vida numa boa. Só que, as vezes, não se preocupar é sinônimo da famosa "fase de engorde",  aquela fase que quando você pisca tá com 80 quilos, pisca de novo e está com 90, cochilou? 120 quilos na balança! E aí, minha nega, FUDEU!

Ahh a propósito! Que fique claro que eu uso palavrões e não são poucos. Antes eu até me dava o trabalho de inibi-los nos textos, mas algumas coisas mudaram e essa é uma delas. Se você se sente ofendida(o) desencana, não é nada pessoal.

Parei de fumar, voltei a fumar, parei de novo, voltei de novo e agora parei de vez. Ahhh sabe por que agora eu sei que é definitivo? Simples, fiquei 20 dias socada no andar da oncologia de um hospital, vendo diariamente pessoas morrerem de câncer. Entre elas, vi minha própria mãe falecer de neoplasia maligna de pulmão (vulgo câncer de pulmão) aos 73 anos, depois de ter fumado por mais de 60 anos. Me pergunta, agora, se algum dia eu vou por cigarro de novo na minha boca? Acho que você já sabe a resposta, né?

Uma coisa é certa. No ano passado nessa mesma época eu estava em crise e com 84,5kg. Não tive mais uma crise tão forte quanto aquela. Igualmente, se você me perguntar hoje se estou feliz com meu corpo e com peso, te digo que não! Mesmo com todas as loucuras, gostava mais de mim quando estava com as neuras de pesar 60kg. 

Ter vivido o que vivi nos últimos meses mexeu comigo. Foi um grande choque de realidade. Mudei e mudei para melhor. Não quero deixar nada para depois. Meu conceito sobre viver e sobre VIDA mudou depois de perder meus pais. Eu quero muito mais da vida do que ela atualmente está me oferecendo! A crise dos 40? Esquece meu bem, os medos deram lugar aos objetivos, as dúvidas à novos projetos e o presente está aí para ser vivido. Afinal, como o próprio nome diz, é presente! É uma dádiva!

Bjkas!

1 comentários:

Lidy disse...

Oie,,,

Saudade do seus posts...

É incrível como a morte faz a gente pensar na vida....louco isso...

Bjoca

08/08/2014 07:11

Postar um comentário

 

©2009Vida de SPA | by TNB