segunda-feira, 17 de junho de 2013

Uma avó ogra?



Em janeiro mudei-me de apartamento. No novo, ainda não tenho nada no lugar. Na verdade, deixei tudo que tinha no antigo, pois no novo queria tudo NOVO. Só que trabalhando 300 horas por dia, fica difícil fazer um orçamento para reforma, que dirá fazer realmente uma reforma já que nunca estou em casa. Os orçamentos dos móveis planejados então, fiz tudo por e-mail!!! 

Conclusão: Faz cinco meses que me mudei e sequer pendurei os espelhos que comprei na parede....Nesse finde, parte da tarefa de deixar de ser uma Ogra, envolveu remontar uma pequena estrutura para que a tarefa de emagrecer, dê certo. Precisava da balança em local de fácil acesso e com espelho de corpo inteiro por perto. Também coloquei cortina no quarto, pois mesmo que estejam relativamente distantes, vizinhos assistindo minhas banhas balançarem enquanto passo meus cremes, não dá, né?

Para vocês verem a bagunça que anda minha vida! Dedicação a tudo, menos ao que faz diferença para mim. Pode? Mais uma semana que passei me lamentando por tudo! Pensando mais e fazendo menos do que deveria.

Nunca tinha nada na cozinha, o hábito de não ter comida em casa, facilitava muito naqueles momentos de desespero em que a comida era mais forte que eu, portanto, me vi livre de tudo que tinha. A partir dessa semana, compro somente o que for consumir. Se sobrar? Vai pro lixo!

Cenas repetidas de uma época em que tudo isso era rotina na minha vida. Como uma amiga blogueira me disse, na primeira vez, a gente faz tudo e nada parece impossível, depois, aos poucos, parece que desaprende e já não tem a mesma vontade, determinação e coisas importantes acabam deixando de ser prioridade.

Enfim, ajeitei a casa, alisei a cabeleira, fiz as unhas, me depilei e até posso dizer que uma pontinha de mim, quando se viu no espelho pensou.. acho que dá pra voltar a te amar!

Agora vou explicar o porquê de querer emagrecer até o final de outubro. Gente, eu vou ser VÓ! Siiiiiiiiiiiiiim, eu vou ser vó aos 37 anos. Não preciso nem dizer o nó no cérebro que me deu ao receber essa notícia. O susto foi tanto que passei quase uma semana debaixo de diazepam pensando se conseguiria seguir adiante todos os meus planos...

Mas... como diz o ditado, o que não tem remédio, remediado está. Agora é batalhar para não parecer uma avó ogra! Em outubro quando minha neta nascer, quero estar magra, bela e de bem com a vida. A partir de agora, não serão os textos da "tia Aline", mas sim, os textos da "Vovó Aline" que vocês lerão por aqui!

Bjkas!

Foto do Post: Minha cabeleira lisa.. Olha quanta diferença!!

** À pedidos... A marca que uso é Cadiveu e não é uma progressiva e sim uma selagem térmica. Eu mesma faço no meu cabelo e dura cerca de dois meses. Custa em torno de R$ 60,00 no Mercado Livre e dá para umas três aplicações no meu cabelo.




0 comentários:

Postar um comentário

 

©2009Vida de SPA | by TNB