quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

A culpa em fases


Quando eu estava bem gorda, me sentia mal por comer. Comer mesmo, qualquer coisa, independente se fosse saudável ou não. A culpa batia se não pela qualidade, pela quantidade do que comia. Quando tinha crises compulsivas, então, era como se fosse o fim do mundo, a culpa tomava conta por dias.

Daí comecei minha reeducação e de dieta em dieta, de tão restritivas que eram, a culpa só acontecia quando eu errava. Cheguei ao ponto de invejar anoréxicas, pois é... Mesmo que errado, a convicção que elas tem pra se controlar, mesmo que doente, é algo que eu queria ter. Mas passou, tudo isso foi por um tempo..

Depois veio a fase próxima do peso ideal e aí mudou o problema. Eu sabia engordar e tinha aprendido emagrecer, mas e manter? Eu não tinha a mínima ideia de como apenas manter o peso. Sem contar que o corpo ainda tá se acostumando com o peso, existe a memória gorda.. enfim. Daí a culpa vinha por qualquer coisa. Culpa e medo!

Ultimamente tenho trabalhado a culpa em comer normalmente. Normalmente é a questão de comer um doce, por exemplo, sem achar que engordei 10kg por uma colherada. Não é nada que me atrapalhe tanto, não, não. É apenas aquele pensamento lá no fundinho, que faz acender a luzinha do "Bah, vou engordar!!!" Mesmo sabendo que isso não vai acontecer com uma fatia, engordaria se fossem 10!

Eu aprendi que quando quero comer bastante, restrinjo ANTES e DEPOIS, faço isso em festas, eventos e dá certo, pois eu não engordo. Mas e no dia a dia? Comer uma fatia de bolo de chocolate integral, por exemplo, como comi esses dias, não tem porque me incomodar e não vai me fazer engordar 10kg. Eu sei disso, mas meu cérebro parece que ainda não! Ele está condicionado que doces são errados no dia a dia. Foram anos pensando dessa forma. 

É bom, porque me me mantém "ligada" na realidade e com o freio de mão puxado para eventuais jacadas, mas incomoda... Cansa você raciocinar tanto antes de uma simples dentada, colherada, garfada. É a tal utopia da vida normal, quando o normal te faz pensar se você já chegou lá ou não ou ainda, se ele existe mesmo.

 Bjkas!

Foto do Post: Pedi pro professor tirar algumas fotos da aula de dança, só que de todas as fotos que ele tirou, só essa eu apareço e de costas, ainda (de jeans e blusa preta). À direita de blusinha branca, minha pimpolha!


10 comentários:

Bethynha disse...

oieee
tava lendo o seu post e sabe que eu tbm ja invjei as anorexicas?que loucura isso..ja quis ser saradona tbm..acho que teos fases e fases que temos que passar..
agora sigo uma RA bem equilibrada..nao quero ficar magra demais muito menos musculosa demais..
bjos e boa quinta

16/02/2012 15:54
Renata Perim disse...

Nossa Aline eu tb sou assim, preciso achar o ponto certo para me tornar alguém normal com relação a comida, mas um dia chego lá...:) Adorei a foto! Bjs

16/02/2012 16:17
Ale disse...

Nem fale, manutenção dá mais trabalho que dieta, eu tbém ainda estou me adaptando. Linda vc de costas:) Corpo lindo e cabelão!!!!Abraço

17/02/2012 12:07
Pérolla Yara disse...

Oi lindona!
Eu tb quando estou bem focada na minha reeducação, chego a ficar meio "paranóica" com tudo que acho que vai colocar a perder todo aquele controle.
MAs, manter o equilíbrio a gente que não é fácil. Por isso, o freio de mão tem que estar mesmo sempre puxado.
Ótimo Carnaval.
fique com Deus
beijos

17/02/2012 12:33
Márcia Souza disse...

Aline,
Realmente, a culpa é uma "me$d%@, mesmo, né?
Confesso que poucas vezes sinto culpa, acho até deveria sentir um pouquinho, assim evitaria os excessos.
MAs, tudo é uma questão de ajustes, com o tempo aprendemos a nos dominar
Amei a aula de dança, faz anos que planejo me matricular e nunca faço!
beijos e ótimo feriado light

18/02/2012 10:48
Sandra disse...

Que pena que a foto não está clara! Estava refletindo sobre tua perda de peso. Você perdeu metade de você!!!
bjs linda

18/02/2012 16:58
Sammy Leilane disse...

pior que cança demais essa luz de alerta ligada o tempo todo, nos ultimos tempos me desgastei por conta de dieta, RA, controla isso, aquilo e pra mim não era merecedora de nada, nem de uma colheradinha de qualquer doce, pois já ia trair o movimento... é dificil, mas tem que trabalhar a mente pra essas coisas, ninguem me disse que seria fácil, então, tem que ir a luta mesmo... Bjus!

20/02/2012 11:54
Iza Barros disse...

Legal amiga!!! O bom é não desistir nunca e você mesmo com estas fases, continua sendo uma motivação para mim.Bjks

21/02/2012 17:49
Dellis disse...

Oi lindona, tudo bem! Olha, to lendo o livro Pense Magro. A Dieta Definitiva de Beck, se vc quiser posso te enviar, tenho em arquivo PDF. bjao fica com Deus
dellisyasmin@gmail.com

23/02/2012 20:18
Iza Barros disse...

Oi amiga???!!Tem uma postagem sobre vc lá no meu bloguito.
Bjks

27/02/2012 10:20

Postar um comentário

 

©2009Vida de SPA | by TNB