sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Com a palavra... Ingrid Ferreti



Conforme havia prometido, pedi a minha pimpolha que escrevesse um post sobre esse meu período de emagrecimento. Como era antes, como foi durante e como é hoje. Confesso que até eu me surpreendi, mas respeitei cada palavra por ela escrita:


Desde pequena via a Mamis tentando emagrecer, via centenas de remédios ‘milagrosos’ espalhados pela casa, dietas malucas todos os finais de mês, simpatias de final de ano, promessas para todos os santos, mas nada que realmente mostrasse resultados.

Ela sempre foi um exemplo pra mim, um exemplo de profissional bem sucedida, um exemplo de boa mãe, mas nunca um exemplo de mulher. Poucas vezes me lembro de vê-la dando um tempo com coisas só para ela, como ir ao salão, comprar roupas, sair com os amigos, cuidar dos cabelos e das unhas, passar maquiagem... Enfim. O que eu quero dizer é que ela não vivia para ela, ela vivia para os outros.

De certa forma acabava afetando a todos aqui em casa. Eu, por exemplo, tinha a minha mãe como base, via como ela se vestia, via como ela comia, a obsessão por doces e comidas gordurosas, a falta de autoestima e o desânimo para sair, sem ser para o supermercado.

Sim, eu tinha vergonha de como ela era, da aparência que ela tinha, da pessoa que ela mostrava ser. Às vezes eu até me perguntava: Como essa mulher incrível, com essa personalidade forte e marcante pode ter esse corpo? Como pode se vestir e comer assim? Por que ela não faz nada para mudar? Porém ao mesmo tempo eu via que ela era ou pelo menos aparentava ser feliz daquele jeito, aceitava suas limitações e não se importava com as aparências, nem a opinião dos outros.

Nossos momentos em família eram quando saíamos para jantar fora, no Natal com aquela mesa farta, em aniversários com um bolo cheio de merengue, ou quando íamos dar uma voltinha pra comer alguma coisa, mas sempre acabávamos comprando um maldito sorvete de chocolate delicioso, e mais uma vez a comida estava interligada em qualquer coisa que fazíamos.

Durante emagrecimento da mamis, eu confesso que foi um pouco difícil, já que amo doces e ter que deixar eles de lado era horrível. Mas tinha o lado bom, pois não tivemos que deixar de comer o que nós gostamos, ela apenas substituía. Hoje, tem coisas como o pão, por exemplo, que eu não consigo comer sem ser integral. Com a dieta da mamis, acabamos gostando das comidas mais light e integrais, e com certeza isso ajudou a gente também emagrecer.

Ver todos os meses ela comprar uma calça nova, porque a do mês passado já estava grande, era muito bom, principalmente por ver a felicidade que ela ficava ao usar um numero a menos do manequim. E melhor ainda é poder pegar emprestada ou às vezes roubar uma roupa do guarda-roupa dela hahaha.

Hoje em dia, já é completamente diferente, preferimos deixar aquele sorvetinho de lado, para guardar dinheiro para dar uma voltinha e quem sabe umas comprinhas no shopping. Vejo a minha mãe muito mais feliz com uma blusa nova do que com uma lata de leite condensado nas mãos pronto para ser aberto e devorado.

Toda vez que ela sai, acaba voltando ou com um esmalte novo ou com um batom novo,  ou cheia de melissas...........mas sempre trazendo algo que ela gosta e que a deixa muito mais bonita e confiante.

Se eu pudesse voltar no tempo mudaria alguma coisa? É claro! Mostraria para ela que existe vida além da comida, mostraria a ‘nova’ Aline que ela se transformou e principalmente que quando se tem filhos, as tuas atitudes sempre vão envolver eles e qual seja a idade, eles sempre vão estar ali para te dar o apoio que você precisa nas tuas novas mudanças.

Hoje ela é mais que um exemplo pra mim, não só de que emagrecer é possível apenas com dieta, mas que se você quer realmente alguma coisa, só basta ter força de vontade para querer mudar, encarar a realidade e não aceitar as limitações que a vida dá, pois só depende de você e de mais ninguém!

----------------------------------- :D ------------------------------------

Palavras da minha princesinha, que ficarão registradas aqui no meu humilde bloguinho! 

Bjkas!

Foto do Post: Minha princesinha e meu principezinho ao fundo (jogando no pc). Minhas duas razões de viver!!!!




20 comentários:

cacau disse...

guarde com carinho, tá lindo, sabe, as vezes tenho medo dessa imagem que passamos para os nosssos filhos, sabemos que eles se espelham em nós...ela deve estar muito orgulhosa de vc, parabéns!

13/01/2012 00:27
O diário da Livinha disse...

Ai ai, o que dizer?? Não sei, fico imaginando se meu marido tem uma imagem tão delicada e profunda de mim como a sua filha tem de você. São eles, aqueles que convivem conosco, que realmente nos conhece e muitas vezes nos surpreendemos de quão profunda é essa relação que estabelecemos com aqueles que amamos e por isso nos mostramos tão intimamente, eles nos conhecem melhor que nós mesmos.

Bjs carinhosos

13/01/2012 01:37
RAFAELA O. SAHIB disse...

Que lindo...
Acredite, mexeram muito comigo as palavras da sua filha (ops parece mais sua irmã).
Bjsss e obrigada por compartilhar conosco.

13/01/2012 09:05
Tassi Patinha Feia disse...

Muito legal ver a opinião de quem convive diretamente com a realidade de quem está lutando pra mudar e principalmente quando esta pessoa é um filho porque não existe amor maior que o deles e sinceeridade tbm.
Amei o post amiga.
Grande beijo, linda sexta e maravilhoso findi.
Fica com Deus

13/01/2012 09:42
Ale disse...

Que linda! :)

13/01/2012 12:08
Iza Barros disse...

Oi amiga???!!Que depoimento legal de sua filhota, deve ser realmente um orgulhor para vc lê isso tudo.
Parabéns amiga!!!
Bjks

13/01/2012 14:16
Liza!!! disse...

lindo... amei de verdade!!!
fiquei pensando...
qual será a visão que a minha filha de 09 anos tem de mim hoje?
que exemplo eu tenho dado a ela todos esses anos???
será que ela mesmo me amando, sente vergonha da mãe obesa que ela tem???
pois é... esse post, me fez refletir e muito...
minha filha está bem gordinha e como poderei cobrar dela uma coisa que nem eu consegui fazer?!que é emagrecer e seguir uma alimentação mais saudável e balanceada...

já estou mudando muitas coisas em minha vida... quero passar coisas boas p/ minha filha e quero que ela sinta muito orgulho de mim um dia!!!

parabéns Aline, sua filha é linda...

beijão e obrigada por fazer desse blog uma terapia p/ mim...

13/01/2012 14:24
Cherry disse...

Que bom que vocês são assim! Porque a maioria das pessoas ainda prefere o sorvetinho quando vai ao shopping! totalmente desnecessário!

Eu às vezes caio nessa.. fala sério! por que ligamos diversão com comida? isso é coisa de vó, que sempre quer fazer um monte de comida pros netos ficarem felizes, sendo que um brinquedo baratinho ou improvisado seria bem melhor..

Adorei o texto dela! Muito bom vc ter colocado aqui! Também serve pra mostrar que os filhos são pessoas inteligentes e notam tudo! olho vivo! ;)

13/01/2012 15:10
Raquel Azulay disse...

Que linda Aline =)
Muito lindo tudo que ela escreveu e mais lindo ainda sua dedicação para emagrecer. Adoooroo seu cantinho =D

Beijoss!

13/01/2012 17:30
Sammy Leilane disse...

algo nela me lembrou bastante de ti, e sabe que não sei explicar??? hahahaha... pois é ver a historia do outro lado pode ser deveras estranho mesmo, ainda mais de alguem proximo assim como ela, mas é bom ver que ela está feliz por ti e isso a deixa feliz, e felicidade de mão e filhos não tem preço hehehe... teu filho lá no fundo lembrou meu marido, sempre que chego em casa, tá sentado no pc jogando... hahahahaha bjus!!!!

13/01/2012 21:18
Aline Ferreti disse...

Liza!

Nunca imaginei que ela tivesse realmente vergonha de mim, depois que li o texto dela, conversamos bastante e ela me explicou melhor e confirmou que no colégio, não tem colega que não fale das mães alheias.. No meu caso, já tinha sido chamada até de pokemon :/

Sammy!

Quando li o texto da Ingrid, na hora me identifiquei, aiai, ela escreve muito parecido comigo!!! É claro que pensamos muito parecido também, enfim, como dizia meu pai, se você tem dúvida na criação dos filhos, crie como você foi criado, pelo menos você já sabe no que vai dar!

Bjkas!

13/01/2012 22:23
christybarros disse...

Amiga,

O post da Ingrid me emocionou e deve ter mexido com vc também. Muito autêntico, sincero e bem escrito, com a mesma verve que vc escreve.
O post me fez entender mais um pouquinho do que rolou contigo "viver para os outros" e o que vc disse no Spa assim que nos conhecemos "eu aprendi a me priorizar, a pensar em mim sem culpa e vi que isso deixou meus filhos felizes.
Viva a Aline que sempre existiu e que finalmente emergiu, saiu da casca e que au já amo e tenho como amiga.
Eu me mudei essa semana, já estou em Jampa na nova casa.
Estou te aguardando aqui, muito sol e praias lindas.
Bjs,
Chris

14/01/2012 11:31
Anônimo disse...

Emocionante, motivador!!!!
Ingrid tu escreves muito bem, tens firmado o teu aprendizado e faz a gente conseguir olhar para a nossa própria história. Parabéns e obrigada!

Josiane Coelho

14/01/2012 11:57
Priscila disse...

linda sua filha e cheia de opinião, é bom saber como os filhos nos veem, o meu tem apenas 2 anos, tenho tempo antes de ele querer formar opnião, com certeza vir aqui sempre me motiva mais e mais, to cuidando melhor de min, um grande bj a vcs parabens pela filha maravilhosa, com certeza vc é o orgulho pra ela!!!!

14/01/2012 14:54
zeneida dias disse...

Aline que lindo o comentário isto é importante esta cumplicidade entre mãe e filha,ai Aline e quando ela disse que sentia vergonha não foi para te magoar é que na escola as crianças não perdoam mesmo .mas amei e o orgulho que ela tem de ti é muito bom foi ótimo este depoimento,amei.parabéns pela tua princesinha

14/01/2012 20:22
Milena disse...

Bah muito lindo, muito verdadeiro!!!
Fiquei lendo isso e lembrando da minha mãe, que sempre foi e é até hoje gorda, e nunca pensou em mudar!
Os habitos ruins aprendi com ela, e quando começei a querer emagrecer vi ela me sabotando, pois ela nunca tentou porque achava que não ia conseguir.
Mas eu tentei e estou conseguindo!!!
Quero poder dar um exemplo de saúde aos meus futuros filhos, assim como tu és para os teus!!!
Beijos amore, to morrendo de saudades!!!

15/01/2012 12:25
Sandra disse...

Nossa que lindo!! Me emocionei pq me vi nesse post na minha fase anteror a RA. Guarde com muito amor. BJO
você está maravilhosa!

15/01/2012 17:49
Dellis disse...

Nossa, acho q é o post mais significativo e emocionante q ja li até hoje, nestes blogs! Enquanto estava lendo, imagineva q estas palavras poderiam perfeitamente ser da minha filhota.
Ela tem 10 anos, e eu vejo nos olhos dela, ou em alguma palavra q deixa escapar, exatamente o que sua filha se perguntava antes!
E sua filha tem toda razao, nossos filhos sao reflexos das nossas escolhas, dos nossos atos!
Parabens pela filha linda e inteligente q vc tem!
Ingrig, parabens por ser tao amiga da sua mãe!

16/01/2012 13:29
Dellis disse...

Obs: Ingrid, é assim q se escreve né!bjo

16/01/2012 13:30
Tiany Mota disse...

Nossa! Que lindo! Sua mudança, mudou a alma da família. Bjs

01/10/2012 23:11

Postar um comentário

 

©2009Vida de SPA | by TNB