terça-feira, 5 de outubro de 2010

Antes... bem antes

É certo que hoje em dia, criança gorda não é mais considerada criança bonita.. mas lá nos anos 70 quando nasci, a premissa de gordura ser o mesmo que saúde era válida para boa parte das famílias.


Quando olho as fotos da minha infância me apavoro! Eu era no mínimo o dobro do tamanho das outras crianças e acho que em parte, o fato de me lembrar de muitas coisas dessa época é consequência do tanto de sofrimento que passei.

A maior prova de que eu era sedentária e extremamente obesa é o fato de eu não ter conseguido aprender a andar de bicicleta. É verdade, além de não ter espaço e nem oportunidade, as poucas tentativas de aprender foram desastrosas e traumáticas. Por fim, peguei trauma e não quis mais.

O post de hoje tem o intuito de conscientizar pais e mães que acham que não tem o controle sobre a alimentação dos filhos! Tem, eu tenho sobre os meus filhos(isso que já são adolescentes!) e para alertá-los que manter bons hábitos desde cedo evitará o desperdício de uma vida em constante luta contra a balança no futuro.

É chato e cansativo explicar tudo sobre alimentação para os filhos e é realmente difícil fazê-los entender, mas é muito importante insistir! O apelo da mídia é muito forte e as vezes você pode se sentir pequenininha frente as inúmeras tentativas de sedução que as empresas utilizam para entupir nossos pimpolhos de porcarias. Com jeito e muito diálogo você consegue vencê-los!

Permita que seu filho ou filha quando criança, tenha o sonho de ser um super-herói e não de ser MAGRO. Que na adolescência tenha o objetivo de encontrar a profissão certa e não de ser MAGRO e quando adulto, possa ter projetos menos sofridos do que passar boa parte da vida tentando ser ou manter-se MAGRO!

Sei que é um texto pesado e forte, mas acredito que todo pai e mãe quer e busca manter a saúde do seu filho, então, todo esforço é válido e recompensador.

Bjkas!

* Foto do post: Eu com 5 anos e com quase 50 quilos! Advinha se a festinha à fantasia foi divertida pra mim?

29 comentários:

FADINHA - Diário Virtual disse...

Poxaaa... me vi tanto aqui, sabe?
Triste infância (também não aprendi a andar de bicicleta):(
Bjs

05/10/2010 22:51
Lucy Britto disse...

Como não se identificar com esse texto...
ai ai muitas de nos tbm foi gordinha quando criança....

05/10/2010 22:59
Belíssima disse...

Adoro vir aqui e ler o que vc escreve...
bjs

05/10/2010 23:07
Lú Pinheiro disse...

Oi amiga...
adorei o post
a minha bichinha tem 3 aninhos, adora comer matinhos, jiló, tomate, come de tudo, é forte e come besteirinhas, poucas, mais são coisas de crianças...
tenha uma ótima quarta
bj flor

06/10/2010 00:26
Alexandra disse...

Ainda bem que a minha filhota não herdou os meus genes :)
Tento incutir diariamente bons habitos alimentares e uma vida activa.
Abraços

06/10/2010 07:20
Paty disse...

É, realmente naquela época (eu sou de 78)as mães achavam q filho saudável era filho gordinho e eu tb passei por isso.
Mas q bom q hoje em dia as coisas estão diferentes, pelo menos para alguns né?
Bjkas

06/10/2010 09:01
Maria disse...

Nine, você tem toda a razão do mundo! Criança obesa não tem saúde e pode virar adulto obeso, com problemas para o resto da vida. É fundamental ensinar as crianças a comer saudável, dando exemplo!
Não fui uma criança obesa (comecei aos 20!!!) mas acho uma epidemia que está começando: obesidade infantil. Em breve serão uma geração que não sabe nem comer nem se mexer!
Muito boa essa matéria. Obrigada

06/10/2010 09:44
Flá BH disse...

Oi amiga
engraçado é que eu era uma criança hiper mega saudável
minha mãe diz que enquanto ela cuidava de mim eu era magra e saudável. Eu fazia natação, balé, jazz.... comia muita coisa saudável. Na adolescencia,eu tive meu ato de rebeldia, e bati o pé pra sair das aulas de dança....sai. Não satisfeita, eu matava natação pra ver os amigos, aí eu ficava naquela, faz dois meses, fica 6 meses parado. E assim foi indo.
E nessa, eu vejo que 90% culpa dos pais quando a criança é obesa, pois eles ainda tem o controle sobre elas, sobre alimentação, sobre esporte.... tudo!
bom é isso

ah, vou te mandar os dados por email
=]

Beijos

06/10/2010 11:20
★$ Naиđ♂ N£яi $★ disse...

Respondendo a sua pergunta... Não sou formado em nutrição. Tudo o que eu sei é fruto de vivências e leituras. A respeito do efeito sanfona, a maioria dos especialistas consideram que até 2 quilos não é efeito sanfona. Mas o que passar disso, deve servir de sinal de alerta. Eu me peso semanalmente e só permito oscilações de 2 quilos para mais ou menos e assim, vou regrando minha vida. Espero que tenha ajudado você.
Beijo no coração!

06/10/2010 12:20
Lindsay Mol disse...

oie
retribuindo a visita!!!
Fui uma criança magra, as apartir do doze era tao gordinha que sempre caçoavam de mim... fiquei traumatizada e aos 20 era um pitelzinho... mas doente, com anemia, visto que nao comi e me entupioa de remedios controlados.
Agora, apos agravidez, osu gorda, mas com pensamento e atitude saudável.
bjo
vou te seguir.

06/10/2010 13:18
Letícia Meirelles disse...

OI amiga, é barra mesmo, meu sonho de infancia realmente era ser magra, de adolescencia tambm, hoje com 18 anos, tenho um peso normal,meu imc é 23,83 mas ñ sou magra, e sse ainda continua sendo meu sonho!

06/10/2010 18:25
Cyntilante disse...

Putz Nine.. que barra.. era bem cheinha mesmo..
Meu filho tem quase 5 anos, pesa 25 kg, mas é magro.. os ossos sao pesados mesmo.. mas menina, agora to pegando mais pesado com a alimentação.. porque se eu deixar, ele come um pacote de biscoito recheado de uma vez.. minha sorte é que ele adora frutas tbem.. entao faço um saladao pra ele comer.. mas se deixar, quando ele ta em casa, ele nao para de comer....af
beijocas

06/10/2010 20:47
Meu emagracimento disse...

madrinhaaaaaaaaaa, tava com saudades, vc tava sumidaaaaa!!!!!
mto bom seu post, desde q tenho memoria sei q sou gordinha....e vou ter q lutar a vida toda com isso!!!! terei q me controlar pra sempre....

por falar nisso....meu peso impacou de novo!!!!
leia la meu blog!
Beijaaaaoo amore

06/10/2010 21:53
Escrever para Emagrecer disse...

Olá, Nine!

Vivi esse drama na infância... fora os apelidos que me davam... rolha de poço e outros. Eu aprendi a andar de bicileta, mas me lembro como se fosse hoje de um dia que a turminha saiu pedalando, cada um levando outra criança na garupa. Eu ouvi que eu tinha de ir sozinha porque senão ia estourar o pneu da bicicleta.
Minha filha é mais saudável que eu, graças a Deus!!!

Beijão!

07/10/2010 00:42
Escrever para Emagrecer disse...

Coloquei ontem essa informação no meu BLOG. Se vc puder divulgar, é ótimo para quem mora em São Paulo ou perto de lá: Obesidade infantil: tratamento gratuito em São Paulo.

Mais detalhes estão no meu blog.


Beijos!

Solange
http://escrevepraemagrecer.blogspot.com/

07/10/2010 00:47
Dani disse...

OLÁ
POST ÓTIMO VIU?
FICA O ALERTA Q É SEMPRE BEM VINDO
É UM ASSUNTO SÉRIO ESSE

BJINHUS

07/10/2010 06:52
VIVI - VENCENDO CADA DIA!!! disse...

Oie amiga,

Seu texto me fez pensar sobre meus filhos, principalmente o menor, que na maioria das vezes que tomar mais mamadeira e ele já tem 4 anos!! Eu preciso agora impor certos hábitos saudáveis pra que ele não sofra com o sobrepeso, que é horrível, para que ele possa ter sonhos diferente e não o de ser magro!!

Valeu pelas dicas!

beijos e tenho um excelente dia!!

07/10/2010 10:07
Alice disse...

Nina, olha só, concordo contigo em tudo, tenho muita mágoa dos meus pais por isso, pq se tivessem me ensinado bons habitos eu poderia ter curtido melhor a infancia,,,sabe com qntos anos aprendi a andar de bike? com 13 anos, pois colocquei isso na cabeça q queria aprender, porem perdi inumeros passeios com as crianças,e sempre era excluida das brincadeiras, nas corridas, nas brincadeiras, em tudo,,,e nas festinhas acho q me divertia tanto qndto vc na sua festa a fantasia... Sabe as vezes acho tão injusto, ser gordo já é motivo de preconceito, ainda mais qndo crianças, q além de todo mundo ser mais cruel falando as verdades na cara, a vitima(O GORDINHO) não tem a minima estrutura p saber pq é discriminado, e toda a sensação de rejeição é ampliada mais ainda...um beijão

07/10/2010 10:43
Camila disse...

Oi Nine, tb fui uma criança fófis! Gera traumas...Mas enfim, um dia a gente desperta e antes tarde q mais tarde.

Beeeijos!

07/10/2010 16:10
***Taia*** disse...

Oi, linda!

Também fui uma criança gorda e muito discriminada, e não desejo isso para ninguém. Crianças são muito lindas, mas são muito cruéis quando apontam os defeitos dos outros. Tudo o que sofri na infância e na adolescência foram determinantes para a minha baixa autoestima, e hoje tento trilhar o caminho do equilíbrio e da felicidade.
Acho que nós, pais, não devemos ficar ensinando nossos filhos a contar calorias, mas conscientizá-los da importância de uma alimentação saudável, incentivá-los a praticar atividades físicas e, acima de tudo, mostrar-lhes seu valor como pessoa, evitando ao máximo que eles descontem emoções na comida.
Passei a vida inteira obcecada por magreza e isso me fez sofrer muito, não quero isso para o meu filho. Gordura não é sinônimo de saúde e, graças a Deus, por enquanto meu filhote é bem sequinho, puxou ao pai. Espero que a genética não se inverta e ele puxe pra mamãe! huahuahuahua

Bjus

07/10/2010 18:10
Dani disse...

Lindo amiga, o meu filho é bem magrinho, como muito mal. Na verdade eu sou a unica que o acha assim, tenho que mudar a minha mente e insistir numa alimentação saudável para ele e minha família!! =D

08/10/2010 12:54
Garota Sarada disse...

Excelente teu comentário.
Também fui gordinha desde criança e sofri muito com isso, com os apelidos, com as aulas de educação física, as festinhas na adolescência.
Mas o importante é que podemos dar a volta por cima e mudar o rumo de nossa história!
Menina, vc já tem filho?
E são adolescentes?
Meu Deus, mas vc foi mãe quase criança, pq suas fotos mostram uma menininha!
Bjs

08/10/2010 23:19
Gabriella disse...

Nineeee, meu deus!
eu era assim tbm, quer dizer, sou até hoje. mas quando novinha tbm era gorda assim, ai que sofrimento viu. Ser chamada de "gorda, baleia, saco de areia" crianças nessa idade não tem coração e nem papas na língua, eu sofri mto preconceito viu.. DEMAAAAAIS, ainda sofro, mas as pessoas tendem a ser mais politizadas ou falsas, não sei kkkkkkkk

bom final de semana linda
Beijão :*

09/10/2010 18:13
´´DIARIO DE MACHERRIE´´ disse...

oi amiga ..obrigada pelo apoio e carinho no meu blog .....a cirurgia foi perfeita ...to muito feliz ...muitoooo mesmo rs
to radiante .cheguei ao meu objetivo ....mas agora vem a luta ne ?
manter ....
de novo de dou parabens pelas suas conquistas ...vc tem uma linda historia de sucesso .estou um tempao aqui no seu cantinho e nao canso de ler rs ...muito legal .
tenha um otimo domingo e
uma exelente semana ....beijao enorme e fique com deus

10/10/2010 16:38
*Lela* disse...

Tem horas em que as imagens dizem "tudo"

Não fui criança gordinha, mas na adolescência, quando precisava estar "tinindo" pra dar aquela impressionada (era minha intenção) a coisa dos hormônios levou tudo escada abaixo:foi aquela luta! durou até os 16 anos...recomeçando aos 21, logo após o casamento;Avv!

Voce é uma batalhadora*

Beijus

12/10/2010 19:17
Mimo Chic disse...

Minha linda, boa mensagem, e pelo que vejo a menininha cresceu e se tornou uma linda princesa!
Isso que importa também, sua consciência hj, e o carinho de passar para frente a mensagem!!!
Bjs com carinho
Lulu & Sol

12/10/2010 19:38
Vanessa Monteiro disse...

Oii

Adoro seus posts!

Tomara que concientize algumas mães que não ajudam os seus filhos que já sofrem de obesidade infantil!

Beijoss

13/10/2010 20:24
Alice disse...

bah ,,,tive que comentar novamente este post, gostei demais e concordo muito,,,olha só,, passei minha infancia, minha adolescencia e parte da minha juventude nessa de querer ser magra,,,é o meu sonho e objetivo,,,mas agora quero com garra, para poder ter paz para ter outros objetivos,,,um beijão...ps: criança gorda sofre muito mesmo

14/10/2010 10:21
enfermeiradinha disse...

Olá, achei muito legal sua experiência, é uma luta q travamos, não é??? que deus a abençoe....

27/06/2011 16:28

Postar um comentário

 

©2009Vida de SPA | by TNB